8.12.08

Silent Disco

Balada é sinônimo de som alto, certo? Errado. Neste sábado, 06, fui em uma 'Silent Disco', uma balada sem som. Ou melhor, claro que tinha som, música, DJ e luzes, mas o diferencial é que só ouvia a música quem estivesse usando um par de fones.

A tal badala foi em pleno Parque Trianon, na Av. Paulista. Como parte dos eventos natalinos, a prefeitura paulistana contratou o DJ holandês Nico Okkerse, especialista nesse tipo de festa. Já existem casas noturnas e festas do tipo, mas assim, em pleno ponto turístico, à noite, com entrada franca, foi a primeira vez que ouvi a respeito.

A Silent Disco do DJ Nico Okkerse estará 'funcionando' nos próximos dois finais de semana. Se tiver oportunidade, vá até a Paulista, veja a bela decoração e ainda entre na balada. É aberto à todos, sem restrição de idade. É uma experiência inusitada e muito bacana. Acho que estarei por lá também.

2 comentários:

Luciano Costa disse...

legal hein...posta no seu tópico Cultural na comunidade da sala...acho que vale nem que seja uma passadinha por lá no caminho pra tradicional augustera...

Thaína disse...

Sem dúvida é uma invenção criativa. E o legal é que respeita a individualidade. Mas essa balada não é pra mim, a menos que eu fique só no silent mesmo, haha. Já não gosto de "puts, puts", com fone de ouvido, então, piorou!
Nossa, faz tempo que não entro aqui, hein! Mas vc sabe que eu adoro ler seus textos sobre música, cultura e, principalmente, devaneios, rss... Escreve mais!!!!
Beeeijo!! E bom Carnaval!!!!